Ventos de 98 km/h arrancam telhado de conjunto habitacional em bairro de Curitiba; VÍDEO

Carros que estavam estacionados em frente ao local foram atingidos pelas telhas; ninguém ficou ferido.

Prefeitura registrou 513 ocorrências de quedas de árvores ou galhos e outros 57 destelhamentos, nesta terça-feira (30).

Rajadas de vento ultrapassaram os 98 km/h; mais e 30 bairros da capital foram afetados O telhado de um conjunto habitacional foi arrancado com a força dos ventos na tarde desta terça-feira (30), no bairro Campo Comprido, em Curitiba.

Assista ao vídeo acima. Na imagem, é possível ver as telhas voando por cima de outros prédios.

Apesar do susto, ninguém ficou ferido. Telhado é arrancado com a força dos ventos, no bairro Campo Comprido, em Curitiba Reprodução/Carolina Berg/RPC Alguns carros que estavam estacionados em frente ao local foram atingidos pelas telhas.

Um dos veículos ficou parcialmente destruído, com vidros quebrados e lataria amassada.

TEMPORAL NO PARANÁ: acompanhe as últimas notícias em tempo real Carros que estavam estacionados em frente ao local foram atingidos pelas telhas Reprodução/RPC Vento e chuva A Prefeitura de Curitiba informou que, até às 21h30, registrou 513 ocorrências de quedas de árvores ou galhos e 57 destelhamentos, por meio da Central 156.

Conforme a prefeitura, não há registro de feridos, desalojados ou desabrigados. De acordo com o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), foram registrados ventos a 98 km/h, em Curitiba.

A previsão para quarta-feira (1º) é de queda das temperaturas e tempo estável em Curitiba, conforme o Simepar. Imóveis sem luz De acordo com a Companhia Paranaense de Energia (Copel), 193 mil unidades consumidoras ficaram sem luz por volta das 18h30, o que representa 22% da cidade. Os bairros mais atingidos foram Bigorrilho, Batel, Mercês, Água Verde, Portão, Novo Mundo, Xaxim, Santa Quitéria, Fazendinha e região. Na capital, pelo menos 37 bairros foram afetados.

Moradores que quiserem comunicar quedas de árvores podem entrar em contato com a prefeitura pelo telefone 156, pelo site do Central de Atendimento ao Cidadão, ou aplicativo. Uma árvore caiu em um carro na Marechal Deodoro, segundo telespectadora Maria Vitória Moreira Alves/Você na RPC No Aeroporto Afonso Pena, as rajadas chegaram a 111 km/h segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

Categoria:Paraná